home sobre | about LEVA contato | contact

 

Clique na imagem para ampliar

O Banquete para Judith

Caixa de madeira e veludo, facas e 2 fotografias digitais - 2010

 

                                                                                    "Ferio-o duas vezes na nuca e decepou-lhe a cabeça. Desprendeu em seguida o cortinado das colunas, e rolou por terra o corpo mutilado".

Livro de Judith, Antigo Testamento

 

 Judith decapitando Holofernes é uma das cenas religiosas mais representadas na história da arte. Essa história em constante mutação ao longo de mil anos retoma modelos de virtuosidade, violência e sensualidade em incontáveis criações artísticas. Essa mulher, que liberta seu povo das tropas de Holofernes (chefe do exército de Nabucodonosor) utilizando sua inteligência e seu alto grau de estrategista, é uma personagem que constrói o imaginário cultural ocidental. Judith, ao participar de um banquete no acampamento de seu inimigo, aproveita a ocasião para o embebedar, o decapitar e oferecer a sua cabeça ao seu povo. Esse ato dramático afasta a ameaça de uma invasão Assíria e reconstrói uma identidade nacional a partir da força feminina.